Viagem e landing



Oi, gente! Tudo bem?

Chegamos em Winnipeg na quarta e preciso contar a coisa toda pra vocês.

Belo Horizonte

Fez sol a semana inteira,amanheceu angustiantemente chuvoso na terça. Minha ansiedade tava em níveis tão elevados que não sei como não matei ninguém no processo.
Conseguimos carona pra Confins (obrigada Jésus e Tanure) e teve família do Beto levando a gente pra se despedir e consegui deixar todo mundo insano (me perdoem).
Bom, pagamos 730 reais de excesso de bagagem os dois. Fica o aprendizado: se você for de Delta, compre Gol que a franquia aumenta um pouco. Mas como não pagamos as passagens: compramos com pontos azul, acho que na minha cabeça ficou como se tivesse pagado a passagem na hora e um excesso de 100 reais cada.
Entramos na sala de embarque, eu, o Beto e a Manu (minha cunhada, que pegou o mesmo vôo que a gente pra SP). Não sei o que o piloto fez mas pousamos com meia hora de antecedência.
Descemos no terminal 4 de guarulhos, eu nem Sabia disso e as malas vieram saltitando. Vieram todas, importante ressaltar.
Despedimos, e pegamos o bus pro terminal 1. Na ida tinha um cara ajudando, na chegada, quase ficamos pra trás, ninguém ajudou e ainda por cima entraram no bus enquanto estávamos saindo. Obrigada,brasileiros, vocês brilharam!
6 malas, nenhuma ajuda. Ah não, teve uma moça que ajudou colocando uma delas na porta do bus.


São Paulo

Fomos na Delta, muito longe! Meu sentimento por Guarulhos não muda - grande demais, desorganizado demais. Despachamos as malas, descobrimos que a Delta tem um acordo com Atlanta e as malas vão direto pra Toronto, uma tag roxa que não deixa a mala descer lá. Atlanta é campeã em roubo de bagagem. Achei ótimo.
Fizemos uma coisa muito, muito imbecil que foi entrar na sala de embarque sem comer. Sério, não tem comida lá. Fora tem a pizza hut, devíamos ter comido a pizza. Bom íamos nos contentar com o jantar da Delta mesmo.
Ah sim, primeira parte da viagem fui de bota, tive q tirar no embarque tanto em BH quanto em SP, aí sentei na sala de embarque e coloquei minhas alpargatas (btw, tem alpargatas em Peg, 2 por $20)

Dentro do avião 

A cadeira não desce muito, mas não chega a ser ruim. A comida é boa e os atendentes são legais. O banheiro é limpo e os filmes são bons. Assisti O serviço de entregas da Kiki (o Live action) e Maleficente.
No meio da noite, acordei meio sem rumo, sem saber onde estava, ficha resolveu despencar mesmo com força que não é uma viagem só , não voltarei em 1 mês, to indo pra sempre. Pausei o filme do Beto e ele foi meu analista. Conversei chorando, nunca fiquei tão longe da minha irmã era estranho, era como se tivesse perdendo uma parte, fiquei preocupada com ela, coisa de irmã mais velha mesmo. Ficar longe de mãe e vó é normal. Vai ser difícil mas vamos lá.

Atlanta

Não recomendo!!!
Não venham por Atlanta! A fila da imigração foi de mais de 1h em pé sem nada, sem nem um relógio pra ajudar a ficar mais angustiado. Sem nem uma wifi. Tipo, era 5h da manhã e tava com sono e com pernas bambas achando que iria cair a qualquer momento! Enquanto estávamos na fila era simplesmente enorme a quantidade de vezes que ouvimos um pedido de tradutor português brasileiro nos guiches. Aprendam inglês! É o mínimo necessário pra viajar!
Chegou nossa vez e foi de boa, uma foto e digitais! Eles perguntam se alguém fez nossa mala, se trouxemos coisas pra outras pessoas, essas coisas. Perguntaram isso na Delta e quando entramos no avião.
Nossa bagagem não estava na esteira, presumi que a tag roxa tinha funcionado. Saímos e entramos de novo.

Toronto

A nossa bagagem de mão não cabia no avião! Despachamos lá dentro da cabine. O avião parecia que ia cair de tão minúsculo e remexia inteiro, a cadeira não inclinava nem um pouquinho... Aiai... 1h50 min, dormi. Acordei pra comer um lanchinho.
Chegamos em Toronto!

Landing

Estava muito vazio. Pegamos a bagagem de mão e seguimos pela não fila com passaportes e papéis do PR em mãos. Eu tava com a pasta inteira, muitos documentos muitos papeis. Passamos reto pelos guiches normais e fomos para uma sala com muitos guiches.
Uma mulher nos atendeu com cortesia, pegou nossos passaportes e começou a preencher nosso formulário. Perguntou o endereço que ficaríamos, reclamou da giganteza dos nossos nomes , assinamos uns papéis e pronto. Durou uns 15 a 20 minutos isso.
Fomos lá fora e pegamos nossas malas. Todas. Melhor sensação!
Fomos andando até o agente da revista de malas, ele perguntou se tínhamos goods to follow, falamos que não. Pronto, acabou!
Fomos para a área de conexão e despachamos as malas de novo.
O aviaozinho era um pouco melhor. Demorou um pouco mais de 2h. Chegamos em...

Winnipeg

Saímos no desembarque de boa, descemos pra pegar nossas malas e elas vieram todas! YES!
Colocamos num carrinho e fomos levando pra saída.
Conseguimos uma limo de um taxista indiano por 32$ . Colocou uma das malas na frente e o carro entendia que era uma pessoa. Teve que parar e colocar cinto de segurança na mala hahahahah
Chegamos na casa da Luiza e do Thyago. Trouxemos o frio! Vista linda! Amei!

Beijos, espero que tenham gostado!
Tex

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por comentar, volte sempre!